Segundo turno: Dilma ou Serra, a quem escolher?

Crente: pesado foste na balança, e achado em falta

Essa discussão está tomando a net, e muitas pessoas estão se sentindo sem rumo, principalmente quem não votou em nenhum dos dois no primeiro turno. A despeito de não ter votado em nenhum deles, não me sinto perdido, pelo contrário, sei bem o que deve ser feito. Se você se encontra sem saber o que fazer ao se deparar com a difícil escolha entre Serra e Dilma, quero lhe dar algumas coisas em que pensar.

Nas ondas da net você vai encontrar vários posicionamentos defendendo tanto um como o outro, e sites e blogs criados para atacar, tanto um como o outro também. Não quero defender nem atacar, tanto um ou outro, mas trazer alguns dados que devem levá-lo a buscar uma solução diferente do que, simplesmente, achar que não tem saída ou escolha.

Como crente em Deus e em sua Palavra, creio convictamente que temos outra opção nessa eleição, mas antes de dizer qual é, quero deixar claro os motivos pelos quais os crentes devem optar por essa 3ª via, ao invés de acharem que estão à mercê das circunstâncias.

Comparação entre Dilma e Serra

Motivos para votar em Dilma:

  1. melhores indicadores econômicos desde a independência do Brasil;
  2. incrível superação da crise financeira de 2008;
  3. crescimento econômico e de emprego;
  4. políticas sociais para parcelas excluídas da população que geraram resultados;
  5. regiões pobres foram beneficiadas e houve melhora significativa do IDH;
  6. melhor estruturação dos serviços e máquina públicos;
  7. pesados investimentos em universidades e escolas técnicas.

Motivos para NÃO votar em Dilma:

  1. intolerância de seu partido (PT) e de vários militantes petistas às críticas, mesmo as fundamentadas e sérias;
  2. alianças com déspotas, ditadores e populistas insanos (Chaves, Fidel e Ahmadinejad);
  3. aparelhamento do Estado por meio de nomeações a rodo;
  4. defesa histórica de teses anticristãs  (aborto, homossexualismo, prostituição, etc);
  5. associação com políticos responsáveis por mazelas históricas (Sarney, Barbalho, Collor e Calheiros);
  6. casos de corrupção, como o Mensalão, jogados para baixo do tapete;
  7. defesa intransigente do PL 122/06, conhecido como lei da mordaça e do PNDH-3.

Motivos para votar em Serra:

  1. experiência administrativa no executivo e no legislativo;
  2. ex-prefeito e governador da maior cidade e estado brasileiros (em tese, experiência);
  3. pragmatismo econômico, conservação das conquistas alcançadas (promessa);
  4. visão mais moderada com respeito ao aborto e liberdade de imprensa e expressão;
  5. não associação aos ditadores aliados do PT;
  6. história de vida como exilado político da Ditadura;
  7. compromisso de não afronta a princípios familiares.

Motivos para NÃO votar em Serra:

  1. algumas privatizações de empresas nacionais foram um claro prejuízo à nação;
  2. a máquina e os serviços públicos, universidades incluídas, foram sucateados;
  3. os servidores públicos, na era FHC, amargaram 9 anos sem aumento;
  4. Serra foi, na prática, quem legalizou o aborto na rede pública;
  5. o start de políticas públicas anticristãs foi dado com FHC, no PNDH-1;
  6. uso do nome de Jesus como suposto cabo eleitoral;
  7. a diplomacia FHC era submissa às grandes potências, sem vez e sem voz.

As listas não são exaustivas, mas exemplificativas, e os números não querem dizer que um é melhor ou pior do que outro. Na prática, vemos que tanto Dilma como Serra têm virtudes e defeitos, conquistas e falhas, pontos a favor e pontos contra. O que fazer, então se, como cristãos, sentimo-nos entre a Cruz e a espada?

Devemos fazer o que já deveríamos estar fazendo há muito tempo: orar.

A igreja que ora e busca a face de seu Criador e Senhor não deve temer um governo humano, seja ele encabeçado por Serra ou por Dilma, seja dirigido pelo PSDB ou pelo PT. E o dever de orar não termina em 31outubro, quando teremos a definição se Serra, finalmente, conseguirá se eleger ou se teremos a primeira mulher eleita para presidir o Brasil. Não, senhores e senhoras. Nossa responsabilidade é contínua e constante, senão vejamos:

Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. 1 Tm 2.1, 2

Ao orarmos, tranquilizaremos nosso coração e colocaremos nossa confiança em nosso Deus e Soberano, que dirige os homens segundo o Seu querer. Se a igreja se colocar diante de Deus em oração, será capaz de colocar nossos governantes, inclusive os já eleitos, nas mãos do Senhor, para que a vontade deles não prevaleça, mas a vontade dEle.

E teremos outra grande vitória: deixaremos de querer um messias político para governar nosso país, repetindo o erro do judeus dos dias em que Jesus esteve pisando nas ruas poeirentas de Jerusalém, e corremos o mesmo risco de mandar crucificar o Messias e eleger o bandido. A igreja do Senhor não precisa de um salvador, pois já possui um, ou melhor, é possuída por Ele.

No âmbito humano, nada vai nos satisfazer: nem um DAvi, o melhor rei de Israel, mas também adúltero e mandante de assassinato; nem um Salomão, o homem mais sábio da terra, rico às pampas, mas que foi abandonando e distanciando-se do Senhor aos poucos, chegando mesmo a sacrificar a deuses estranhos. Admitiríamos ser governados por um ex-presidiário (José) ou ter como principal ministro um homem apenas em parte (Daniel)?

Está vendo como o caminho que a igreja deve seguir é, em primeiro lugar (“Antes de tudo…”), o da oração?

Quem ora, não erra, mas coloca nas Mãos certas a decisão final de “confirmar” quem será aquele(a) que, nos próximos 4 anos, ditará os rumos desta nação. Pode ter certeza, se nossos joelhos se dobrarem, Deus entrará nessa – e em outras – eleições.

Créditos ao Gilberto Marchi (clique para ir ao seu blog).

O blog Desafiando Limites repete: antes de botar o voto na urna, bote o joelho no chão.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Wallace

Just another little servant of the Lord Jesus Christ. Apenas mais um pequeno servo do Senhor Jesus Cristo. Editor do blog Desafiando Limites (http://wallysou.com). Crítico do cristianismo evangélico da prosperidade e pensador cristão amador.

Website: http://wallysou.com/

Faça seu comentário e enriqueça o post!

4 Comentários

  1. Gileno Correia

    Deixa de ser Bobo, pense bem, entre Dilma e Serra voto na Dilma porque cada povo terá o presidente que merece e não mereço conviver no Brasil com Serra presidente porque este é pior que a Dilma para melhorar a convivência do povo no Brasil.

  2. Gracie

    Excelente post, como sempre.
    Parabéns!
    Vou divulgar com todos os meus contatos.
    Gracie

  3. Pingback: Tweets that mention Segundo turno: Dilma ou Serra, a quem escolher? at Desafiando Limites e Vencendo Barreiras -- Topsy.com

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!