Introdução e contextualização histórica

fim-novo-inicioO blog Desafiando Limites completará 7 anos em 2017, sem contar os 2 anos em que esteve em fase experimental. Para um blog, isso pode ser considerado quase uma vida, e estou falando sério.

Faça as contas e analise com atenção: quantos e quais blogs você acompanhava e que, de repente, deixaram de ser atualizados ou simplesmente desapareceram? Muitos, certo?

Alguns realmente nem fazem falta mas, para nossa infelicidade, alguns fazem muita falta: eram bons, traziam conteúdo relevante e sua presença fazia diferença para melhor.

Eu não posso dizer que o blog Desafiando Limites é bom, útil ou relevante. Quem tem competência e deve dizer isso são os leitores, não eu, concorda? Por isso, baseado no que os leitores comentam e avaliam, eu posso ser ousado e me arriscar a dizer que, pelo menos para alguns, mesmo que sejam só alguns, ele é útil e relevante.

E, por causa desses, talvez você que me lê agora, vale a pena seguir em frente.

Para embasar essa afirmação eu vou citar exemplos que servem como evidência do que estou afirmando, ok? Mas, sinta-se à vontade para discordar de mim.

Já conhece o ebook do blog? Está disponível na Google PlayStore:

play store

Adquira o livro digital do blog por apenas 4,99! Assim você contribui com nosso trabalho. Obrigado! :)

E se você gosta de áudio-book, ele também está disponível na TocaLivros por apenas R$ 5,99! Clica lá e adquira!

Como dizem que uma imagem vale mais do que 1.000 palavras, vou incluir algumas aqui. Se você ficar curioso e for comparar essas imagens com as informações do dia em que estiver lendo, pode ser que sejam diferentes, após o decorrer do tempo.

Vou dividir por assuntos, para ficar mais interessante. Dúvidas e críticas, sejam quais forem, podem ser postadas nos comentários. Caso alguma imagem não abra (um dos problemas que explico mais embaixo, deixe seu comentário dizendo qual imagem não carregou).

Todas as imagens a seguir são de prints de novembro/dezembro de 2016, a não ser quando descritas em contrário.

Posts mais comentados:

comentados

 

Perceba que, dos 10 mais comentados, sete são de temas relacionados direta ou indiretamente com motivação, superação de dor e sofrimento e mudança de vida. Não é interessante o tanto de pessoas que precisam de palavras de ânimo, conforto e inspiração para suas vidas cotidianas? Dois dos posts mais comentados são, sem surpresa, sobre temas naturalmente controversos e, claro, ímãs de discussão (mas que durou por apenas um breve tempo).

Posts mais bem avaliados:

best reviews

Essa estatística é motivo de grande satisfação e orgulho, por um lado, e de responsabilidade e incentivo, por outro. Às vezes, sem hipocrisia, quando leio esses artigos que escrevi há um bom tempo, realmente percebo que valem as notas altas recebidas. Se eu parasse aqui, seria pedante de minha parte, muito pedante aliás.

Todavia, eu me sinto um pouco envergonhado e constrangido em ter que admitir que já não consigo atingir o mesmo nível de qualidade e inspiração desses posts. As razões são várias, mas posso resumir quase todas dizendo que está faltando algo, um algo que eu não sei explicar bem o que é. Graças a Deus que escrevi esses textos, porque não sei se, hoje, eu seria capaz de produzi-los.

Posts mais visitados:

best visited

Aqui há uma quase repetição do ranking de mais bem avaliados, pelo menos no que diz respeito ao tema motivação e superação. Esses cinco posts alcançaram, sozinhos, a imponente marca de mais de 200.000 visualizações! Para colocar em perspectiva, isso representa aproximadamente 10% das visitas totais do blog desde que comecei a publicar nele há quase sete anos atrás.

Não é pouca coisa, ainda mais se eu considerar que alguns deles foram publicados há menos de quatro anos atrás. Veja os títulos, leia-os com cuidado e reflita sobre eles. O que eles lhe dizem? A conclusão é clara: há muita gente querendo entender mais a vontade de Deus para suas vidas, insatisfeitas com as vidas que vivem e desejosos por mudanças.

Olhando por esse ângulo, não seria egoísmo de minha parte privar pessoas em tal angústia e necessidade de um palavra que pode mudar o curso de suas vidas?

Perfil etário dos leitores

pesquisa

Quando eu vi esses dados até me surpreendi. Eu esperava que a maioria dos leitores fosse formada pelo público mais jovem – e boa parte é mesmo: 41% (contando a faixa até 27 anos)! Mas o que eu não imaginava é que o público mais maduro (entre 46 a 59 anos) liderasse as estatísticas! E se somar esse aos de 36 a 45 e com os de mais de 60, juntos eles perfazem nada menos do que 42%!

Aparentemente, os conteúdos do blog atraem tanto os mais jovens como os mais velhos!  o.O

Em parte, isso me surpreendeu e acabou por me trazer uma reflexão muito pertinente: o que eu, que ainda não cheguei aos 46 anos, mas estou perto (risos), tenho a falar que seja realmente relevante para esse público (bem) mais experiente que eu? Esse fator acrescenta, mesmo que eu não queira pensar muito nisso, um peso extra em meus ombros.

Apesar disso, não deixa de ser gratificante saber que pessoas de mais idade e experiência que eu venham visitar meu blog procurando por algo relevante para suas vidas. Isso me deixa sem palavras, de verdade, para expressar o que sinto.

Se você, que me lê agora, é um desses leitores do blog, independente de sua idade, receba minha gratidão e reconhecimento por isso.

Visitas totais do blog:

visitas blog

Compare com a imagem anterior e veja o porquê eu comentei a razão de não poder parar. Mais de 1.300 posts tiveram, em conjunto, mais de 2 milhões e 200 mil visualizações. Mas, desse total, apenas cinco artigos foram responsáveis por aproximadamente 10% disso!

Traduzindo: 5 artigos foram responsáveis por 10% (praticamente 2% para cada um) e 1.328 artigos os 90% restantes (0,067% para cada um, em uma conta de padaria). Mas, se eu colocasse aqui os 10 posts mais visitados, essa proporção cairia ainda mais!

Só esses números, se bem trabalhados (ou estatisticamente bem torturados, como diriam alguns) renderiam boas reflexões, não é mesmo? E, quer saber, o mesmo se aplica as nossas vidas: poucas coisas representam muito e muitas valem pouco. Temos que ter o cuidado de não invertermos essa ordem para não sofrer desnecessariamente depois.

Países alcançados pelo blog:

countries visit

Depois que eu coloquei alguns artigos meus vertidos para o inglês e também coloquei artigos traduzidos do inglês para o português, as visitas deixaram de ser quase que unicamente exclusivas do Brasil, ou seja, o blog se internacionalizou e ultrapassou fronteiras.

Novamente, isso é tanto motivo de orgulho como de muita responsabilidade! E sou grato a Deus por tudo isso.

Pode até parecer que estou fazendo isso pra me exaltar ou tentar aparecer. Se você está pensando assim, em primeiro lugar, eu não culpo você. Sério mesmo. Mas, por favor, peço que reconsidere seu pensamento.

Eu estou tentando, cá pra nós, mostrar não (só) pra você, querido leitor, mas muito mais pra mim, euzinho mesmo, porque eu preciso continuar por aqui, tentando fazer diferença num mundo de notícias ruins, desagradáveis e deprimentes.

Não por mim, mas pelos leitores. Eles merecem e, por causa deles, eu preciso continuar escrevendo algo que seja relevante e que faça real diferença na vida deles. Diferença para melhor, claro, com uma palavra de ânimo, inspiração e motivação para a vida.

Novos assuntos tratados no blog em 2016:

Neste ano eu introduzi alguns assuntos novos no blog, fruto de minhas leituras em busca de auto-aperfeiçoamento e crescimento pessoal, textos e artigos que me ajudaram a mudar meu modo de pensar para melhor, de uma maneira mais profunda e produtiva. Alguns exemplos desses textos são:

Mude sua mentalidade

Quer ficar mais inteligente?

O que é e como evitar o efeito Diderot

Resolvi fazer assim porque queria compartilhar com meus leitores as boas coisas que aprendi e que me ajudaram a ser um ser humano e um profissional melhor. Alguns desses textos foram escritos baseados em estudos de artigos ou de livros e outros foram traduções adaptadas, praticamente literais.

Além disso, disponibilizamos à lista exclusiva de assinantes do blog um ebook gratuito com oito artigos traduzidos versando sobre produtividade, crescimento profissional e dicas para aperfeiçoamento pessoal. Esse ebook deve ganhar novos artigos em 2017.

Problemas enfrentados no blog em 2016:

Este ano de 2016 trouxe muitas coisas boas mas, com elas, porque nem tudo são flores, algumas bem desagradáveis também. Até setembro, o blog estava indo muito bem, mas bem mesmo, crescendo a cada mês, alcançando mais e mais pessoas. Ele vinha numa ascendente que dava gosto.

Mas… a vida é cheia de mas. Mas, às vezes, nós podemos usar os “mases” (muito mas, não muito mais) e os males da vida, também, ao nosso favor: amadurecer, corrigir, mudar e crescer, sabia? Mas, voltando ao mas…

Mas, em outubro, veio o baque: a hospedagem que eu contratei – vou citar o nome porque ela pisou feio na bola e fez por merecer essa propaganda negativa: Cirtrox – simplesmente tirou meu site do ar de uma hora para outra.

Isso teve um impacto significativo e imediato no blog: as visitas caíram, alguns serviços de envio de newsletter também foram prejudicados. Só raiva, dor de cabeça e chateação. Tá pensando que ser blogueiro é fácil, é? Pois não é.

Mas, isso ainda não foi o pior. Eu abri um chamado para reclamar e no dia seguinte colocaram o site no ar. Só que eles não tiveram a mínima honradez de me responderem o motivo de isso ter acontecido. Fui solenemente ignorado por três vezes. Então vi que era hora de fazer algo que estava adiando há tempos: mudar para um serviço de hospedagem melhor para que o blog voltasse a crescer.

Sim, chega um momento que se você não mudar para o bem, você vai mudar para pior, porque alguém vai mudar as coisas para você. Nós nunca podemos perder de vista que somos responsáveis por nossa própria vida.

Se você estiver lendo este post adequadamente, esse é um sinal que a mudança deu certo. Eu espero. \o/

Novidades para o blog em 2017: o que vem de novo por aí?

Agora vamos ao que pode, de fato, lhe interessar: o que vem por aí, o que você pode esperar para 2017.

Vou interromper a atualização (republicação) dos posts da série Mananciais no Deserto. Mas, calma, elas estarão disponíveis aos leitores, todavia, não serão mais republicadas novamente, a cada dia. Para lê-las, será necessário consultá-las, e posso colocar um link para ou indicação para quem quiser fazê-lo sem muita complicação no histórico do blog.

Em substituição aos posts de Mananciais no Deserto, vou colocar posts, um pouco mais espaçados, com alguns dias entre eles ou, no máximo, um post por dia, de planos de leitura bíblica que venho fazendo no site Bible.com, voltados aos temas Família, Juventude, Motivação, Oração, Fé, etc.

Espero que gostem tanto quanto eu estou gostando de estudar e refletir nesses planos.

Também farei mais posts de tradução de artigos relevantes para melhorar a saúde, produtividade, inteligência, capacidade intelectual, financeira e profissional. Vocês também poderão sugerir temas e/ou artigos para serem traduzidos que serão analisados e, quem sabe, sua indicação poderá ser premiada!

Além disso, estou com uma lista monstruosa de livros para ler. Mesmo que se eu lesse 2 livros por semana durante todo o ano de 2017, ainda assim eu não chegaria ao fim dela, contando tantos os livros físicos como os ebooks! E há tanta coisa boa a ser lida e compartilhada com vocês, sabe? Provavelmente, o Facebook vai ficar ainda mais de lado…

Você já deve ter percebido que vamos focar mais em qualidade do que quantidade. E isso poderá impactar a audiência do blog. De início, certamente para pior. Mas, é um preço a se pagar quando decidi focar em qualidade. E sei que vai valer a pena.

Enfim, por ora é isso e espero que você continue conosco em 2017. E se considera que o blog Desafiando Limites é relevante para sua vida, de alguma forma, compartilhe com seus amigos, parentes e colegas, por favor.

Nosso patrimônio é formado pelo conteúdo que produzimos e pelos leitores que o leem. Queremos focar em produção de melhores conteúdos para abençoar os nossos atuais leitores, como você que me lê agora, como aqueles que, mais cedo ou mais tarde, virão.

Agora convido você a deixar seu comentário com crítica, sugestão, elogio ou ideia de tema a ser tratado nos posts futuros. Fique à vontade para expressar sua opinião.

E que Deus o abençoe.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!