boom

Já passou por isso? Não é fácil…

Esse final de semana foi um pouco tenso para mim.

Uma amiga – e futuramente autora de posts aqui no blog, Renata – me avisou no sábado que o blog estava fora do ar com uma mensagem estranha: conta suspensa.

Fui verificar e, de fato, estava com aquela fatídica mensagem. Entrei em contato com meu provedor de hospedagem, cuja mudança ocorreu no final de dezembro e eles deram informações desencontradas.

Na verdade, não sabiam apontar a causa do que estava acontecendo. E eu fiquei vendido na situação.

Quando fiz uma alteração que deveria corrigir o problema, outro surgiu: o blog voltou exatamente como era na data da migração.

Ou seja, tudo o que eu havia publicado em 2017 até sábado, simplesmente sumiu. Evaporou. Escafedeu-se.

='(

Pedi para restaurarem o backup e recuperarem as publicações de 2017, então.

Mas, para minha surpresa, não havia backup no meu provedor. Foi aí que o que, de fato, ocorreu veio à tona.

Na época da migração a coisa não foi feita de modo completo. Enquanto o blog foi transferido para essa nova hospedagem (Locaweb) da antiga (Cirtrox), as publicações ainda ficaram sendo apontadas (direcionadas) para a antiga.

Foi como se eu tivesse mudado de casa, mas deixasse o endereço antigo e minhas correspondências estivessem sendo direcionadas, grosso modo, ao endereço anterior. Quando a casa caiu, levou tudo junto.

Assim, quando esse provedor antigo sumiu do mapa no sábado, levou com ele tudo o que havia sido publicado em 2017. Tudo.

Quando o rapaz me informou o que houve e o porquê da pane, eu imediatamente me dei conta de duas coisas: a migração anterior não havia sido finalizada com sucesso e, segundo, o culpado era eu.

Fiquei um pouco chateado por ter perdido as publicações de janeiro até começo de abril, mas tirando alguns posts próprios, o restante era de adaptações de devocionais bíblicos, publicações de autores convidados e algumas traduções.

Dentro do possível, posso tentar recuperar algumas coisas desse período. Mas, infelizmente, esse período de janeiro a começo de abril de 2017 vai ficar em aberto, como uma ferida hoje e amanhã como uma cicatriz.

O que perdi mesmo, fazendo uma rápida pesquisa agora, foram os posts da viagem sobre a África, ocorrida em fevereiro, o sobre a cruz. Esse sim perdido para sempre.

Mas, ainda um pouco chateado sobre tudo o que aconteceu, eu me dei conta de que o prejuízo poderia ser muito, mas muito, imensamente maior: eu poderia ter perdido simplesmente tudo!

Ou seja, ainda bem que havia um backup na Locaweb! Caso contrário, tudo estaria perdido hoje, irremediavelmente perdido.

Provavelmente isso me ensina uma grande lição: não dá pra ficar ligado ao passado. Uma hora a conta chega e nós podemos perder tudo!

Quando me dei conta disso, o que se perdeu foi muito pouco em relação ao prejuízo maior. Sério, só de pensar na possibilidade quase fiquei deprimido.

Mas, isso vai gerar algumas coisas positivas: preciso pensar em medidas paliativas e preventivas para que algo assim não venha acontecer.

Pois, como diz o jargão tecnológico: só o backup salva! Se você não tem backup, você não tem nada.

Talvez eu ainda escreva algo parecido sobre Jesus como nosso backup… quem sabe.

Enfim, agora é hora de arrumar a casa e por as coisas de novo nos trilhos. O blog não pode parar. E depois de meu retorno do Havaí, de ter aprendido tantas coisas boas e úteis, está na hora de levantar a cabeça e dar a volta por cima.

É hora de reconhecer meus erros, assumir minha responsabilidade pelas falhas e usar isso para me tornar uma pessoa (e autor) melhor.

É hora de olhar para a frente e ver que este blog tem abençoado dezenas, talvez centenas de milhares de pessoas durante esses 7 anos e não é hora de parar. É hora de continuar abençoando e, nesse processo, sendo abençoado também.

Esse pequeno prejuízo me mostrou algo maior: perder tudo seria um prejuízo inaceitável.

A partir de hoje vou usar essa experiência para fazer algo maior e melhor. Por que, se as experiências ruins não forem utilizadas para nosso aperfeiçoamento, para que mais servem a não ser nos destruírem?

Preciso aprender a tirar boas lições disso e voltar aqui para compartilhar com vocês. É o mínimo que posso fazer.

Peço ao Senhor que me ajude a fazer isso. Para e pelos leitores, para glória de Deus e para engrandecimento do Reino.

Obrigado por agora, espero voltar com boas novidade em breve.

Deus nos abençoe.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!