Perdão: fácil de entender, difícil de praticar.

perdao-nova-vidaObservação: este post é uma republicação devido à perda ocorrida no começo de abril.

“Contigo, porém, está o perdão, para que te temam.” Sl 130:4

Por Antonio Cabrera*

Reconheço que tenho muita dificuldade em escrever este texto.  E não deveria ser dolorido discorrer sobre o perdão, como não deveria ser difícil perdoar, pois somos pecadores, pecamos em pensamentos, obras, a todo o momento.

No entanto, creio que o perdão é uma das mais difíceis palavras de nossa língua. Pior, rapidamente esquecemos que a virtude central do cristianismo é o perdão.

Recebi ontem um e-mail do Diretor Geral da Sociedade Bíblica do Egito, Ramez Atallah relatando o triste episódio das bombas contra duas igrejas coptas (se você ainda não viu, vídeo aqui, imagens fortes), a maior minoria cristã do Oriente Médio e um povo que vive constantemente sendo discriminado espiritual, social e economicamente (não conseguem empregos nas forças armadas ou polícia e tem enormes dificuldades em seus negócios).

Ele inicia relatando que “O Domingo de Ramos é um dos dias mais movimentados no calendário da nossa igreja. Eles cantam “Hosana ao Rei dos Reis. É um dia de celebração alegre.” 

Um dia, nas palavras dele, em que “46 irmãos encontraram seu Salvador cara a cara” e centenas ficaram feridos. “Se vivemos, vivemos para o Senhor; e se morrermos, morreremos pelo Senhor”.

Seu texto continua informando que eles “amam a vida… mas nós testemunhamos para Cristo, seja por nossas vidas ou por nossa passagem para o céu.”

E me envia um vídeo inacreditável!

Exibe claramente o assombro do entrevistador muçulmano com a viúva do porteiro, que impediu o homem bomba de entrar no pátio da igreja (se você ainda não viu, clique aqui), e assim acabou salvando inúmeras vidas.

Este vídeo abaixo é um moderno e vivo testemunho do poder da fé cristã. É assombroso assistir esta viúva declarar:

“Eu não estou com raiva de quem fez isso. Que Deus te perdoe!”.

E o entrevistador muçulmano, perplexo, quase sem palavras, balbucia:

“Os cristãos egípcios são feitos de aço!

São cristãos egípcios por centenas de anos carregando muitas atrocidades e desastres…

Essas pessoas tem tanto perdão! Esta é a sua fé e sua convicção religiosa. Estas pessoas são feitas de uma substância diferente!”

Veja o vídeo abaixo e desculpe eventuais erros, pois eu mesmo coloquei as legendas:

https://vimeo.com/213277571

Estes irmãos do Egito ensinam que quando você perdoa, você não muda o passado de modo algum, mas você certamente muda o futuro e testifica a outros povos, como a mim e a você.

Quando você perdoa, qualquer poder se amedronta diante desta força gigantesca.

No final, Ramez me estimula: “celebre este final de semana, que você se sinta inspirado pelo testemunho de muitos cristãos egípcios, cuja fé simboliza o verdadeiro significado da Páscoa.”

É o que desejo a você, uma fé como a de Ramez que te faça compreender a verdadeira Páscoa.

*texto recebido via email.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Wallace

Just another little servant of the Lord Jesus Christ. Apenas mais um pequeno servo do Senhor Jesus Cristo. Editor do blog Desafiando Limites (http://wallysou.com). Crítico do cristianismo evangélico da prosperidade e pensador cristão amador.

Website: http://wallysou.com/

Faça seu comentário e enriqueça o post!

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!