Experimentando aquele nível de confiança em Deus, sabe?

confidence-futureTexto Bíblico: Saberão, porém, que eu, o SENHOR seu Deus, estou com elas, e que elas são o meu povo, a casa de Israel, diz o Senhor DEUS. Ezequiel 34:30

Ilustração, Reflexão ou Aplicação Prática:

Eu posso, embora depois de um bom tempo refletindo no verso e também lendo os versos anterior e posterior, chegar a uma conclusão sobre o seu tema: proteção, conforto e propriedade.

Depois de encontrar esses elementos, eles me parecem óbvios desde o início e não sei dizer bem porque não os identifiquei logo de cara.

Sim, eu sei, é meio vergonhoso admitir isso, mas seria desonesto não admitir e, entre a vergonha e a desonestidade, por mais que seja difícil assumir a vergonha, abraçar a desonestidade não é uma opção.

Mas, voltemos ao texto.

O Senhor começa dizendo que alguém saberá algo, e esse alguém é formado por muitos: um povo, uma multidão, uma região? Mas, o Senhor fará conhecido a eles algo.

O que me chama a atenção aqui é que quanto maior o público, maior o custo de se fazer a divulgação. E o Senhor não parece preocupado com isso, apenas em dizer que eles “saberão”.

Você já pensou em Deus agindo ao seu favor e fazendo questão de divulgar que Ele lhe concedeu uma grande vitória, de que Ele está ao seu lado?

Pois é exatamente isso que eu percebo nesse verso: Deus dizendo que vai tornar conhecido a todos que lhe cercam que: primeiro, Deus está com você. Isso se refere a companhia, estar ao lado.

Segundo, Deus diz que essas pessoas de quem Ele está junto são Dele, e isso se refere a propriedade, pertencimento: você tem dono, você não é um alguém largado sem ter quem lhe dê apoio, suporte e guarida.

E, por fim, há uma designação, um nome: casa de Israel. Isso me faz lembrar de filhos ilegítimos (fora do casamento oficial) lutando para porem o nome de seu pai biológico em sua certidão de nascimento.

Mas, a despeito de várias tentativas bem sucedidas de muitos, alguns morreram sem conseguir tal feito.

Porém, eu vejo Deus reconhecendo a sua paternidade nesse povo, visto que a Casa de Israel é formada pelos filhos de Deus.

Portanto, esse versículo encerra importantes lições: companhia, proteção e pertencimento e, mais importante ainda: tudo isso vindo da parte de Deus.

Oração de: gratidão

Pai, eu te louvo porque o Senhor nos escolheu para estar ao nosso lado e para sermos teus. Não somos mais perdidos, largados e jogados.

Não estamos mais abandonados, desprotegidos e desnomeados. O Senhor está ao nosso lado, conosco e do Senhor somos. E que grandes bênçãos são essas sobre nós! No nome santo de Jesus eu oro e agradeço. Amém.

Este post faz parte de uma série de devocionais exclusivos do Blog Desafiando Limites! Você está incentivado a divulgar esse devocional para todos os seus conhecidos e abençoar a vida deles.

Avalie, compartilhe ou comente dizendo o que achou ou deixe sua crítica/sugestão.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Wallace

Just another little servant of the Lord Jesus Christ. Apenas mais um pequeno servo do Senhor Jesus Cristo. Editor do blog Desafiando Limites (http://wallysou.com). Crítico do cristianismo evangélico da prosperidade e pensador cristão amador.

Website: http://wallysou.com/

Faça seu comentário e enriqueça o post!

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!