Você se sente parte de algo que realmente importa?

Texto Bíblico: O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura do seu dono; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende. Isaías 1:3

Ilustração, Reflexão ou Aplicação Prática:

Mãe é um presente de Deus, enquanto tiver o privilégio de te-la por perto, honre-a com suas atitudes, não importa a idade, e estará honrando ao próprio Deus!

Pertencer. Esta é uma palavra muito bonita e interessante que, de certo modo, foi vilipendiada e desprezada por muitos ao se atribuir a ela uma carga negativa e excludente. Nada mais falso.

Pertencer não é excludente, muito pelo contrário ela é includente. E além de includente, ela é totalmente necessária e útil para o propósito a que se destina.

Geralmente quem é muito crítico da palavra e de seu sentido de pertencer não se dá conta ou ignora solenemente que ele faz uso dela de forma extensiva e que, veja só a incongruência, só é capaz de lutar contra ela exatamente por pertencer a um grupo que alberga e defende as mesmas ideias.

Mas, vamos deixar de falar desse viés negativo e falar do positivo, pois é ele que, de fato, nos interessa. Pense em um órfão. Tente imaginar qual é o seu grande sonho. Tentou? E qual é? Ser adotado. Ter um nome e uma família, pais, um nome e um lar para chamar de seu. Seu maior sonho é pertencer.

Desde novo eu sou muito apegado a animais de estimação. Já possuí muitos bichinhos de estimação no passado e ainda hoje há vários deles em meu lar. Até minha esposa que não era muito fã deles acabou sendo contaminada e hoje também os cobre de amor e carinho.

E se você também nutre esse sentimento, não necessariamente por animais, você deve sofrer ao se deparar com algum animal ou pessoa sofrendo de abandono. E nós sofremos por quê? Já parou para pensar? Porque não somos capazes de poder dar abrigo e cuidado a todos que vimos em tal situação.

Nosso poder de ação é limitado de várias maneiras e sofremos porque não conseguimos ajudar mais. Só que eu quero que você, neste instante, pare um pouco e perceba que a lamentação divina vai na contramão disso que eu e você sentimos.

Ele, Deus, está reclamando não porque não pode ajudar a todos que precisam, mas porque quer ajudar e esses voltam as costas para Ele. Já imaginou a cena? Já parou para pensar quão trágico é isso; Deus quer acolher, dar abrigo e seu povo o rejeita, prefere viver “sem dono”, ao léu, sem ter nenhum laço de pertencimento com o Criador! E disso podemos tirar duas grandes lições.

A primeira e mais clara é que nós temos dono, nós somos de Alguém. Você e eu somos propriedade do Senhor, então não precisa ficar angustiado(a) e carente, mendigando atenção de qualquer um no meio da rua. Deus amou você e adquiriu você por um alto preço, tal como diz aquela música “Eu sei que foi pago um alto preço”.

E a segunda e não tão clara lição é que nós, às vezes, teimamos em querer viver como se não tivéssemos dono, tal como o povo de Israel. Sim, às vezes você e eu agimos com ingratidão e queremos retirar o selo da propriedade divina de sobre nós.

Meu amigo, jamais queira fazer isso. Sua vida tem um grande valor, e foi por ela que Jesus morreu, para que você, hoje, pudesse ser acolhido e adotado como filho. Pense nisso e nunca, jamais queira deixar sua filiação divina por qualquer outra coisa deste mundo.

Oração de: gratidão plena

Pai de amor e de bondade. Abba, Pai, eu quero te louvar e engrandecer teu nome excelso e sublime acima de tudo e de todos. Pai querido, obrigado por me adotar e me receber como teu filho amado, me dar um nome, um lar e uma família. Em nome de Jesus, teu Filho, eu oro agradecido. Amém.

Abençoe a vida de alguém curtindo, comentando e compartilhando este artigo com seus contatos!

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Tags:

blog Desafiando Limites

Just a little servant servant of the Lord Jesus.

Faça seu comentário e enriqueça o post!

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!

%d blogueiros gostam disto: