16 Coisas Que Você Precisa Parar Imediatamente de Fazer se Quiser Ser Bem-sucedido!

Este é um artigo traduzido, inédito no Brasil, cuja fonte está no final. A tradução não é literal, mas uma que privilegia o entendimento do meu leitor. Você pode aprender muito, apesar das diferenças culturais envolvidas, com as lições aqui apresentadas. Boa leitura!

Muitas vezes na vida, para se obter sucesso, não é necessário fazer nada a mais. Apenas que você pare de fazer algumas coisas e comece a eliminar o desperdício em sua vida.

o sucesso é possível

Em uma cultura comprometida em querer “fazer tudo”, pode ser contra-intuitivo fazer menos coisas. E isso vai contra tudo que nos disseram antes: Tente mais, faça mais.

Um homem que viveu há quase 2.000 anos aprendeu a implementar a arte sutil de eliminação. Ao deixar de lado muitos hábitos e comportamentos ditos “normais”, ele conseguiu superar enormes desafios.

Marco Aurélio, imperador de Roma de 161 a 180 dC, teve acesso sem precedentes a todas as riquezas de Roma como imperador, porém devido a sua posição ele também tinha que carregar o peso de todo o império.

Durante toda sua vida ele passou por dificuldades e situações insondáveis que lhe ??exigiram decisões que fariam a maioria dos homens desmoronar sob tal pressão.

A perda de entes queridos foi uma constante ao longo de sua vida: seus pais quando ainda jovem, sua esposa e até vários filhos de forma prematura. Ao longo de seu reinado, ele testemunhou os efeitos devastadores de pragas e fomes.

A guerra era uma constante em seu tempo como imperador, mais notavelmente com o império Parta ao leste e os bárbaros ao norte. Ele também teve que lidar com o que hoje chamaríamos de “local de trabalho hostil”: um general traidor, Avidius Cassius, proclamou-se imperador e tentou usurpar seu poder.

Como ele sobreviveu? “Apenas filosofando”, como ele diria. Por meio da redução, ele encontrou a resposta para cada problema. Ao fazer menos, ele encontrou uma maneira de fazer mais.

Felizmente, sabemos disso porque, milagrosamente, seus escritos no diário sobreviveram a quase 2.000 anos e foram compilados em um espantoso trabalho chamado Meditações.

Vejamos como Marco Aurélio lidou com os obstáculos comuns da vida e como ele encontrou respostas por meio de arte da eliminação refletindo em 16 citações diferentes de sua obra Meditações.

1. Pare de se importar com o que as outras pessoas pensam

“Entre em suas mentes, e você encontrará os juízes pelos quais tem tanto medo – e quão judiciosamente eles se julgam.”

Se alguém não gosta de você, que assim seja. Existem 7,6 bilhões de outras pessoas no mundo de quem você pode ser amigo.

Concentre-se em melhorar a si mesmo diariamente e as pessoas serão atraídas por essa sua nova atitude brilhante.

2. Pare de fazer tantas coisas

“’Se você está em busca de tranquilidade, faça menos’. Ou (mais precisamente) faça aquilo que é essencial – aquilo que o cerne de um ser social requer, e faça da maneira adequada. E que trará uma dupla satisfação: faça menos, e faça melhor. Porque a maior parte do que dizemos e fazemos não é essencial. Se você puder eliminar essas coisas, terá mais tempo e mais tranqüilidade. Pergunte-se a todo momento: “Isso é mesmo necessário?”

Em uma cultura que favorece o ativismo em vez da inatividade, temos sido programados para acreditar que fazer algo, qualquer coisa que seja, é muito melhor do que não fazer nada. Mas qual o custo que esse estilo de vida ocupado cobra?

Você está se distraindo em vez de lidar com as questões reais que tem em mãos? Você está se distraindo com tarefas triviais em vez de enfrentar seus maiores medos e problemas?

Como o autor Greg McKeown escreve em seu livro Essencialismo, o essencialismo é a chave para uma vida melhor. Se você acha que está trabalhando sem alcançar o sucesso, faça uma análise e identifique onde você está concentrando seus esforços. Em vez de ficar fazendo muitas atividades, concentre-se em uma e faça-a bem.

Observe como você avança ao fazer menos coisas.

3. Pare de se intrometer na vida dos outros

“Nada é mais patético do que as pessoas que andam em círculos, cavoucando coisas que escondidas’ e investigando as almas das pessoas ao seu redor, nunca percebendo que tudo o que precisa ser feito é estar atento ao poder dentro de si e render se a ele sinceramente.”

Por que você está tão preocupado com os problemas das outras pessoas?

Você está fazendo isso por que está interessado em ajudar ou apenas se distrair de seus próprios problemas? Se eles realmente precisam de ajuda, ajude-os. Se eles não conseguem parar de se sabotar e não estão dispostos a mudar, deixe estar.

Concentre-se em si mesmo e faça uma coisa a cada dia que lhe permita ser melhor do que ontem. Concentre-se em seu trabalho, em sua família e seja o melhor modelo que você pode ser, sendo excelente em tudo o que fizer.

4. Pare de procurar prazer, em vez disso busque um propósito

“E por qual motivo você nasceu? Por puro prazer? Observe se essa resposta vai suportar esse questionamento.”

O prazer é superestimado. Hoje o prazer é onipresente e nossos receptores de prazer estão sobrecarregados.

Nós sentamos em ambientes perfeitamente controlados a 20 graus, pedimos fast-food que será entregue em minutos, sugamos dois litros de bebidas energéticas, o tempo todo buscando elogio e aprovação. Tal qual um viciado em heroína, estamos sempre em buscando do próximo gole de prazer momentâneo. E extraímos cada vez menos prazer de cada dose.

Em vez de se concentrar nesse prazer fugaz, descubra o que lhe dá real satisfação: um propósito na vida. Realização, satisfação e significado duradouros que lhe farão avançar e prosperar na vida.

5. Pare de encher sua mente com lixo

“As coisas nas quais você pensa determinam a qualidade de sua mente. Sua alma assume a cor de seus pensamentos”.

Se sua alma assume a cor de seus pensamentos, então, o que prestar atenção às notícias está fazendo ao seu cérebro? Qual é a influência marcante em seu humor após assistir toda essa histeria transbordando na TV?

Se você viver prestando atenção às manchetes, você será levado a acreditar que o mundo está fora de controle e que as coisas nunca foram piores. Que a guerra está se espalhando como fogo selvagem, que o ódio é uma epidemia e que a pobreza desembestou.

Você é tão narcisista para acreditar de verdade que o que você está experimentando agora é único e que nunca aconteceu antes com ninguém?

E quanto às centenas de milhares de pessoas que viveram e morreram na guerra mais sangrenta da América, a Guerra Civil? Ou que tal os pais que, durante séculos, encararam as probabilidades insuportáveis ??de ter um a cada quatro filhos morrendo prematuramente?

Nós gostamos de pensar que aquilo que estamos experimentando é único mas, na realidade, não é.

Sendo honesto, as coisas estão melhores do que nunca. Em seu novo livro Enlightenment Now, Stephen Pinker, professor de psicologia em Harvard, aponta que “os conflitos armados caíram desde 1946, que as taxas de homicídios decresceram desde 1992, e que os índices de doenças, fome, pobreza extrema, analfabetismo e totalitarismo, quando medidos por um critério constante, diminuíram – ainda não para zero, mas mesmo assim muito.”

Preencha sua mente com o conhecimento advindo dos mestres do estoicismo e busque o bem da vida. Você ficará surpreso com a forma como sua ansiedade desaparece. Perceba como sua visão da vida muda.

[Nota do tradutor: como cristão e pastor, tenho restrições ao considerar o estoicismo, como o autor faz, a solução perfeita para as mazelas emocionais do ser humano. A solução, neste caso, é Cristo e não uma ideologia, filosofia ou mesmo uma religião. Todavia, devo ser intelectualmente honesto e enxergar as qualidades e boas coisas que ele tem e é por isso que estou trazendo este texto para meus leitores, hoje. Se desejar saber mais sobre o Estoicismo, clique aqui.]

6. Pare de se angustiar com o amanhã

“A perturbação só vem de dentro – das nossas próprias percepções.”

Como a maioria dos estóicos, Marco Aurélio acreditava que o que ocorreu na vida nem era bom ou ruim. Somente nossas percepções definiam algo como bom ou ruim.

Você pode decidir que algo é terrível ou pode optar em enxergar o evento como uma oportunidade para aprender.

Viktor Frankl, sobrevivente do Holocausto e psicólogo, poderia ter assumido que nada de bom viria de sua experiência nos campos de concentração da Segunda Guerra Mundial. No entanto, ele tomou uma decisão consciente de aprender e aplicar seu conhecimento, como psicólogo, à sua experiência vivida nos campos de concentração.

Ao usar sua experiência nos campos, ele foi capaz de ajudar outros que atravessavam eventos trágicos a encontrar significado na tragédia. Ao descobrir esse propósito, ele teve a vontade de sobreviver e superar a essa experiência nos campos. Aqueles que não conseguiam encontrar um propósito em meio à terrível experiência nos campos, Frankl descobriu que a morte era quase certa.

7. Pare de se melindrar

“Escolha não ser prejudicado – e você não se sentirá prejudicado. Não se sinta prejudicado – e você não foi.”

Melhor ainda:

“Pare de perceber a dor que você imagina e você permanecerá completamente inalterado.”

Alguém te insultou? Alguém está dizendo coisas de você pelas costas? E daí?

Faça o que é certo. Concentre-se naquilo que lhe faz bem.

Você pode desperdiçar horas e horas preocupando-se com o que disseram ou pode fazer algo produtivo que lhe faz progredir.

É incrível como seus problemas simplesmente somem quando você se concentra em fazer o que é preciso e se concentra em melhorar sua própria vida.

8. Pare de protelar

“Ao amanhecer, se tiver dificuldade em sair da cama, diga a si mesmo: ‘Tenho que ir trabalhar – como qualquer pessoa. Do que eu tenho que reclamar, se vou fazer aquilo para que nasci – as coisas para as quais fui trazido ao mundo para fazer? Ou foi para isso que fui criado? Para me esconder sob as cobertas e ficar quentinho?”

Seja o imperador ou o plebeu, às vezes todos nós desejamos nos esconder debaixo dos lençóis e nunca mais sair de lá. Mas que bem isso traria?

Muitas pessoas hoje estão a se esconder debaixo das cobertas por uma razão ou outra, metaforicamente falando.

A antecipação de começar algo é sempre muito pior do que o evento real. A chave é apenas começar. Lance de si as cobertas e levante-se já!

9. Pare de babar seu ego

(Referindo-se ao seu pai adotivo, Antonino.) “Sua tolerância para com as pessoas que lhe questionavam abertamente e seu prazer em ver suas idéias se aperfeiçoarem.”

O que aconteceu com o debate estimulante? Aquele tipo que envolve respeito, isento de emoções e cheio daquele interesse genuíno em tentar entender a visão da outra pessoa? Como o ponto de vista e a perspectiva de outra pessoa podem lhe beneficiar?

No época atual, nós somos muito rápidos ao julgar alguém com base em uma única crença. O problema é que é impossível entender completamente o sistema de crenças de uma pessoa visto que você não consegue compreender todas as experiências de vida que a levaram a possuir essas crenças.

No entanto, se você parar para ouvir, terá a oportunidade de aprender e obter uma melhor compreensão.

Pare de supor que quando alguém está errada porque possui uma visão oposta a sua e pare de ver como um ataque pessoal quando alguém questiona suas crenças. Em vez disso, encare como uma oportunidade para aprender e expandir sua mente.

10. Pare de tentar fazer tudo sozinho

“Não tenha vergonha de pedir ajuda. Tal qual um soldado atacando uma posição inimiga, você tem uma missão a cumprir. E se você for ferido e precisar de um companheiro para lhe resgatar? E então?”

Se o imperador de Roma era humilde o suficiente para pedir ajuda, por que você não pode?

No filme de beisebol de 1988, Bull Durham, o personagem que interpreta o personagem de Kevin Costner, aproxima-se de um jovem e teimoso arremessador, interpretado por Tim Robbins, e lhe transmite o seguinte conselho sábio: “Não tente bater todo mundo. As rebatidas são chatas. Além disso, elas são fascistas. Jogue também algumas bolas rentes ao chão. É mais democrático.”

O ponto aqui é envolver a equipe. Não importa como você ganha, contanto que você ganhe. Ao pedir ajuda, você pode neutralizar suas fraquezas por meio dos pontos fortes de outras pessoas. Imagine quão longe vocês podem ir juntos.

11. Pare de se preocupar com o futuro

“Esqueça o futuro. Quando e se ele vier, você terá os mesmos recursos para lidar com as mesmas questões”.

É fácil tornar-se inundado pelo desconhecido. Quando você sequer começou, as escolhas e opções ilimitadas a sua disposição podem se tornar sufocantes.

Muitas vezes, o medo do desconhecido é simplesmente o medo de não enxergar o caminho à sua frente.

Durante o período na escola de medicina, o Dr. Drew Pinsky sofria terríveis ataques de pânico. Ele ficou sobrecarregado ao vislumbrar os quilômetros ainda a percorrer, em vez de se concentrar em dar o próximo passo.

A solução para contornar esses ataques foi bem simples. Ele se imaginou construindo uma casa de tijolos. Em vez de pular etapas e se preocupar com o telhado e detalhes da casa, ele se concentrou em colocar o primeiro tijolo em sua jornada na escola de medicina. Uma vez colocado esse tijolo, ele se concentrava no próximo tijolo que o levaria a chegar mais perto de se tornar um médico.

Concentre-se em definir seu objetivo e trabalhe nele um tijolo de cada vez.

Semelhantemente, tente o método escalar de estabelecer objetivos e, de repente, o desconhecido não será mais um caminho incerto.

12. Pare de se comparar com os outros

“Trate o que você não tem como se não existisse. Olhe para o que você tem, as coisas que você mais valoriza, e pense no quanto você gostaria de conquistá-las se você não as tivesse. Mas tenha cuidado. Não sinta tanta satisfação a ponto de super valorizá-las.”

Em um mundo dominado por Facebook e Instagram é quase impossível não se comparar com os outros, mas lembre-se que o que está sendo postado é apenas o que querem que você veja.

Se você se pegar alimentando inveja daquilo que os outros têm, mude sua forma de pensar.

Invista tempo registrando as coisas pelas quais você é grato. Concentre-se naquilo que você tem, não importa quão pequeno ou insignificante seja. Sua mente sairá da escassez e irá para a abundância. Você descobrirá maior satisfação naqueles prazeres da vida que você se esqueceu.

Tal como a atleta olímpica Shannon Rowbury faz antes de ir para a cama, escreva 3 coisas pelas quais você é grato todo dia e veja como o seu humor muda.

13. Pare de adiar o que é realmente importante

“Mesmo que você viva três mil anos, ou trinta mil anos que seja, lembre-se: você não pode perder outra vida além dessa que está vivendo agora, ou viver outra além da que está perdendo.”

No tocante filme Up, de 2009, o personagem principal Mr. Fredricksen, já idoso, finalmente decide fazer a aventura de sua vida que ele e sua esposa sonharam por décadas. A aventura é viajar para um paraíso tropical chamado Paradise Falls.

O único problema é que eles esperaram tempo demais para fazer a viagem.

Depois de anos adiando seus sonhos, a Sra. Fredricksen fica doente e, infelizmente, morre. Somente depois de experimentar a perda do amor de sua vida, Mr.Fredricksen finalmente toma coragem para enfrentar essa aventura épica.

O que você está deixando de lado em sua vida que seria uma tragédia caso você seja capaz de realizar? Imagine como se sentiria. Visualize essa sensação de profundo desconforto. Agora tome a decisão de planejá-la. Faça a coisa acontecer.

14. Pare de estar em qualquer lugar, menos aqui

“Dê a si mesmo um presente: o presente momento”.

Desligue o telefone, deixe-o de lado e olhe ao redor. Preste atenção naqueles que estão ao seu redor.

Faça a coisa mais amorosa que você pode fazer por sua família: dê a eles toda a sua atenção.

15. Pare de perder o controle

“Não perca tempo com coisas supérfluas, não importa o quão interessantes elas pareçam; foque no que é imutável. E tente ser o mesmo independente das circunstâncias.”

Como o popular aplicativo de meditação Headspace afirma, ideias brilhantes surgem em mentes calmas.

Mentes calmas levam a pensamentos claros. Pensamentos claros possibilitam tomarmos ótimas decisões.

No entanto, isso não significa livrar-se da emoção. Significa estar consciente acerca de sua mente e corpo. Buscar o equilíbrio tal como a quilha de um barco atua como um lastro, retornando ao centro depois de uma forte rajada de vento.

Observe dois dos maiores treinadores dos esportes atuais. Bill Belichick, treinador do New England Patriots, e Nick Saban, treinador do Alabama Crimson Tide, mostram-se firmes e serenos em qualquer situação. Não importa qual o jogo ou a pressão, eles permanecem tranquilos.

Comicamente eles falam pouco e dão ainda menos declarações à imprensa e aos pessimistas. Esses dois treinadores não apenas sabem que mentes calmas levam a grandes decisões, elas vivem dessa maneira.

Na final do Campeonato Nacional de 2018, o Alabama se viu 13 pontos atrás no segundo tempo. No que parecia um risco insano, Saban sacou seu centroavante titular e colocou um calouro inexperiente de nome Tua Tagovailoa. Na situação de maior pressão, na final decisiva do Campeonato Nacional, Saban decidiu por um jogador que dificilmente jogava o ano todo.

Como e por que ele tomou essa decisão?

Estando no controle da situação. Ao prestar atenção nos detalhes, Saban foi capaz de analisar com precisão a situação e tomar a decisão certa que praticamente nenhum outro técnico da liga teria ousado fazer.

O resultado: uma virada histórica e mais um campeonato nacional para o Alabama.

16. Pare de ser apanhado de surpresa

“Pessoas grosseiras fazem coisas estúpidas. O que é mais estranho sobre isso? Não deveria você mesmo se culpar por não antecipar que eles agiriam dessa forma?”

Quantas vezes alguém deve repetir um comportamento antes de se tornar sábio?

Fingir surpresa e ser pego de calças curtas é ser preguiçoso. Não requer precaução. Antecipe o que vai acontecer e planeje-se para isso.

Como você reagirá a um insulto? Com a cabeça erguida.

Como você vai superar uma objeção? Com uma lógica clara e bem pensada.

Como você reagirá às “notícias catastróficas de última hora”? Você não vai se abalar mais com isso!

Conhece alguém que se beneficiará com a leitura deste artigo? Encaminhe para ele! E avalie ou comente se desejar apontar algum erro ou deixando sua sugestão de novos temas. Sucesso!

Fonte: 16 Things Everybody Should Stop Doing In Order To Be Successful.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

blog Desafiando Limites

Just a little servant servant of the Lord Jesus.

Website: http://wallysou.com/

Faça seu comentário e enriqueça o post!

4 Comentários

  1. Hereo Abreu

    Feliz por conhecer seu blog. De coração, desejo que DEUS abençoe cada vez mais você e sua família. Cheguei ao seu blog em um post de finanças de 2012 e gostei demais dos seus textos. Favoritos já.

    • obg Hereo! feliz por receber novos leitores e pelo seu apreço em temas tão diferentes. seja muito bem-vindo! Abs

  2. Marilza

    Perfeito! Adorei o texto! Principalmente no que diz respeito a se preocupar com os outros… e é bem isso mesmo… se a pessoa não está disposta a mudar suas atitudes e seu modo de viver, o que podemos fazer? Nada! Então, por que se preocupar?

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!