confiar Archive

15 de Dezembro – A confiança em Deus é o porto seguro do cristão

15 de Dezembro – A confiança em Deus é o porto seguro do cristão Confia nele. (Sl 37.5.) A palavra confiança é a expressão do coração, para fé. É a palavra do Velho Testamento; é o vocábulo que define o estágio infantil da fé. A palavra fé expressa mais o ato da vontade, a palavra […]

 

26 de Setembro – Andar por fé, quem disse que seria fácil?

26 de Setembro – Andar por fé, quem disse que seria fácil? Andamos por fé, e não pelo que vemos. (2 Co 5.7.) Por fé, e não pelo que vemos; Deus não quer que olhemos para o que sentimos. O eu, sim, pode querer isto; e Satanás também. Mas Deus quer que observemos os fatos, […]

 

22 de Setembro – Fé debaixo de duras provas

22 de Setembro – Fé debaixo de duras provas Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo. Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça. (Lc 22.31,32.) Nossa fé é o centro do alvo a que Deus atira quando nos prova; e se alguma outra graça passa sem ser testada, com […]

 

31 de Agosto – Fé é aquilo que não se vê

31 de Agosto – Fé é aquilo que não se vê     Bem-aventurados os que não viram, e creram. (Jo 20.29.) Como é forte a cilada das coisas visíveis, e como é necessário que Deus nos conserve voltados para as invisíveis! Se Pedro vai andar sobre as águas, precisa andar; se vai nadar, precisa nadar; […]

 

17 de Agosto – Esse tipo de fé que não conhece limites

17 de Agosto – Esse tipo de fé que não conhece limites     Confio em Deus, que sucederá do modo por que me foi dito. (At 27.25.) Alguns anos atrás, fiz uma viagem aos Estados Unidos em um navio cujo capitão era um crente muito dedicado. Quando nos aproximávamos das costas da Terra Nova, ele […]

 

24 de Julho – Fé e crer, como entender essa relação?

24 de Julho – Fé e crer, como entender essa relação? Então creram nas suas palavras, e lhe cantaram louvor. Cedo, porém, se esqueceram das suas obras, e não lhe aguardaram os desígnios; entregaram-se à cobiça no deserto, e tentaram a Deus na solidão. Concedeu-lhes o que pediram, mas fez definhar-lhes a alma. (Sl 106.12-15.) […]

 

13 de Julho – Fé, um salto no vazio?

13 de Julho – Fé, um salto no vazio?     Deus… chama à existência as cousas que não existem. (Rm 4.17.) Qual o significado disso? Abraão ousou crer em Deus. Parecia impossível, em sua idade, que ele se tornasse pai — parecia inacreditável. Contudo, Deus o chamou de “pai de muitas nações”, antes que houvesse […]

 

11 de Julho – A incredulidade que esteriliza a fé

11 de Julho –  A incredulidade que esteriliza a fé     Mas passados dias, a corrente secou, porque não chovia sobre a terra. (1 Rs 17.7.) As semanas iam-se passando, e Elias com espírito alevantado e firme, ia observando aquela torrente diminuir; muitas vezes, por certo, foi tentado a vacilar por incredulidade, mas recusou-se a […]

 

12 de Maio – Será mesmo tudo possível ao que crê?

12 de Maio – Será mesmo tudo possível ao que crê? Tudo é possível ao que crê. (Mc 9.23.) Esse “tudo” nem sempre vem simplesmente com o pedir. Pois que Deus está sempre buscando ensinar-nos o caminho de fé; e em nossa preparação na vida de fé precisa haver espaço para a prova da fé, […]

 

18 de Abril – Apenas orar, confiar e descansar e nada mais

18 de Abril – Apenas orar, confiar e descansar e nada mais     E ele o fará. (Sl 37.5.)     Primeiro eu pensava que, depois de orar, eu devia fazer tudo o que estivesse ao meu alcance para a concretização da resposta. Ele me ensinou um caminho melhor, e mostrou-me que meu esforço próprio sempre […]

 

7 de Abril – Quando o sossego e o silêncio são as melhores armas

7 de Abril – Quando o sossego e o silêncio são as melhores armas No sossego e na confiança estará a vossa força. (Is 30.15.) Para conhecermos realmente a Deus é absolutamente necessário haver silêncio em nosso interior. Lembro-me de quando, pela primeira vez, percebi isto. Havia surgido uma situação de grande emergência em minha […]

 

1º de Abril – Eu sei em quem eu posso confiar

1º de Abril – Eu sei em quem eu posso confiar Eu sei em quem tenho crido. (2 Tm 1.12.) “Na tempestade”, disse um velho marujo, “só há uma coisa que se pode fazer — uma só: pôr o navio em determinada posição, e conservá-lo nela.” Crente, é isso que temos que fazer. Às vezes, […]