Vi no orkut de minha cunhada, Cláudia. É triste, mas a realidade é que essas músicas – paródias, na verdade – expressam bem alguns tipos de crentes (?) que vemos nas igrejas hoje em dia. Todavia, não é preciso se estressar com isso, pois a Palavra de Deus afirma que Ele busca aqueles que O adoram em espírito e em verdade, coisas essenciais que faltam a esses personagens representados no vídeo.

#euri

Desafiando limites… do absurdo

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!