expectativa frustrada

pense numa coisa ruim

A Armadilha Daquele Dia Especial Que Nunca Chega…

Hoje eu quero compartilhar uma situação que vivi ontem, cuja reflexão me fez pensar sobre algumas coisas da vida e tive um estalo, sabe daqueles que mudam nossa forma de pensar e agir?

Então, hoje, quero compartilhar com você, caro leitor do blog, as lições que tirei disso. Portanto, não espere aquele post exagerado de grande, abordando todos os possíveis aspectos do assunto. Não, hoje é aquela conversa rápida, pá-buf, ok?

Então, vamos lá.

Já fazia uns dias que minha esposa havia comprado um short comprido pra mim, visto que vou pra academia toda semana, e os que eu usava não eram tão adequados. Daí ela tomou a iniciativa e comprou um bem bom, confortável e de uma marca boa. Só que eu nunca tinha usado…

Mas, resolvi usar pela primeira vez numa sessão da academia, e gostei bastante. Então ficamos conversando de noite, e eu disse que havia gostado muito dessa bermuda esportiva, que achava muito bonita e que ela era muito boa.

Só que quando falei isso ela disse algo que me surpreendeu. Ela pensava que, por eu nunca ter usado antes, eu não tinha gostado. E eu falei que ainda não tinha usado porque achava ela muito bonita e que estava esperando “uma ocasião especial” pra usá-la!

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Pois foi daí que me lembrei daquela estória do marido que enterrou a mulher com um vestido que ela nunca tinha usado, que estava esperando uma ocasião especial pra vesti-lo. Até que chegou o dia em que ela faleceu subitamente, e não tinha usado ele. E assim também com uma jóia, uma lingerie, um sapato…

A moral da história é que o marido a enterrou com todas aquelas coisas e deixou a lição para todos que não devemos ficar esperando chegar esse dia que pensamos que será especial, pra só então usar essas coisas. E é essa a grande armadilha que nós muitas vezes caímos.

Caindo fora da armadilha

Por isso, deixo meu alerta aqui pra você que talvez tenha uma roupa que ainda não usou, e está guardada há bastante tempo no guarda-roupas, ou aquele jogo de jantar de porcelana, ou o jogo de panelas, ou o tênis (homem) ou o sapato (mulher)…

Mas, e se você acha que isso ou aquilo só deve ser usado num dia especial, e por acaso você estiver realmente certo, o que você deve fazer? Bom, nesse caso, eu tenho um conselho pra você, e espero que você me ouça bem, porque ele pode mudar radicalmente sua vida:

Faça seus dias especiais! Aja como se seus dias fossem especiais! Crie seus momentos especiais, torne sua vida repleta de momentos especiais.

Desse modo, você terá muitos motivos pra fazer uso dessas coisas feitas pra momentos especiais! Sacou a dica?

Então, ao fazer isso você vai perceber que sua vida é melhor do que você pensava – ou que não é tão ruim como você imaginava – e você vai começar a desfrutar mais dela, sem ficar esperando por circunstâncias ou situações que nunca vêm simplesmente porque são ilusões e miragens no horizonte.

Captou a mensagem? Vou parar por aqui pra não deixar o post muito comprido e tentar cumprir minha promessa de escrever algo sucinto e direto ao ponto. Mas, antes de você ir embora, gostaria de lhe pedir um favor, pode ser?

Seguinte, como este é um post diferente e que tentei trazer um conteúdo útil para os leitores, eu não vou saber se consegui fazer isso se vocês não me disserem, correto? Então, por gentileza, comentem dizendo o que acharam, se gostaram, se a dica serviu ou se foi, sei lá, perda de tempo. Pode ser sincero, se quiser reclamar fique à vontade.

Ah sim, se quiser sugerir algum outro tema, sinta-se à vontade também. Talvez seja um assunto que eu não tenha afinidade, mas posso pesquisar e trazer aqui pra vocês, certo?

Obrigado, Deus abençoe vocês!

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!