fim-dos-tempos

Confirmado: A Volta de Jesus Está Próxima!

Há muito tempo que estamos esperando a volta de Jesus. Há aproximadamente quase 2.000 anos! Muita coisa aconteceu desde que o Senhor Jesus prometeu voltar. A igreja já passou por muitos altos e baixos, muitas fases promissoras e períodos tenebrosos também. Mas, a promessa permanece de pé: Ele vai voltar.




No fim do ano passado eu cheguei a sonhar com um lugar que parecia a antesala do Céu, e até conversei com um anjo (leia aqui). Mas, nesse fim de semana passado, tive um outro sonho bem interessante e, em alguns aspectos, aterrorizante também.

Eu já li várias vezes na Bíblia que a volta do Senhor seria precedida de muitos sinais, mas um deles me era de difícil compreensão. Talvez seja seu caso também:

O Senhor rugirá de Sião e de Jerusalém levantará a sua voz; a terra e o céu tremerão. Mas o Senhor será um refúgio para o seu povo, uma fortaleza para Israel. Joel 3:16

Os homens desmaiarão de terror, apreensivos com o que estará sobrevindo ao mundo; e os poderes celestes serão abalados. Lucas 21:26

Aquele cuja voz outrora abalou a terra, agora promete: “Ainda uma vez abalarei não apenas a terra, mas também o céu“. Hebreus 12:26 (grifos acrescidos)

Eu nunca entendi bem o que significaria esse tal de “céu abalado” ou que sentido isso teria. Eu pensava se não era algo figurativo, que talvez o céu representasse o poder temporal (humano), as grandes autoridades da humanidade, ou algo assim. Até que tive o sonho, porque hoje, já penso diferente. Venha comigo, vou lhe contar como foi.

Era uma vez…

No sonho, eu me encontrava em uma cidade rodeada por uma cadeia montanhosa, bem ao longe. E, acima dessa cidade, estendendo-se até chegar a essa cadeia de montanhas, havia um imenso “tapete” de nuvens. Eram nuvens escuras, como que de chuva, ou de frio, ou ambas, já que se parecem bastante. Nada de anormal nisso, até esse ponto. Mas…

As nuvens da ponta, junto às montanhas, começaram a “cair”. Elas simplesmente desabavam, como se perdessem, de repente, a sustentação e despejassem todo seu conteúdo chão abaixo. Quem já viajou de avião e, antes de pousar, deve ter visto nuvens iniciando o processo chuvoso. Processo esse que eu, nordestino da gema, por sinal acho muito bonito. Esta foto a seguir foi tirada, muito provavelmente, de dentro de um avião. É possível observar, claramente, uma espécie de “cortina de água” se derramando sobre o solo.

Observe e tente entender, mais ou menos, o que eu vi no sonho. Claro, no meu sonho, era em uma escala muito maior e mais perturbadora.

chuva-torrencial-localizada

A grande diferença é que, no sonho, as nuvens “caíam” de forma longitudinal, como se fossem as nuvens da “beirada” daquele tapete (dica: pense em um tapete com “franjas”, e entenderá o que quis dizer), à semelhança de uma cachoeira. Como se fosse uma onda, as nuvens daquela linha externa, despencavam repentinamente. De longe, era um espetáculo. Perturbador, mas não deixava de ter sua beleza natural. Mas…

E o céu foi abalado

Conforme as nuvens mais próximas a mim e da cidade em que eu estava também caíam, naquele tipo de efeito dominó, eu pude perceber que não era água que estava caindo das nuvens. Bem, era água sim, mas não do modo que eu pensava. Era água, mas em estado sólido, e não líquido. Fiz-me entender? Não era propriamente chuva, mas sim granizo, ou seja, gelo.

Mas, não era um granizo comum. Como o gelo despencava de repente, as pedras de gelo tinham tamanhos variados, sendo que eu pude ver algumas do tamanho de uma bacia ou balde, que deveriam pesar dezenas de quilos. E isso me faz lembrar outro versículo:

Caíram sobre os homens, vindas do céu, enormes pedras de granizo, de cerca de trinta e cinco quilos cada; eles blasfemaram contra Deus por causa do granizo, pois a praga fora terrível. (grifos acrescidos) Apocalipse 16:21

Quando percebi o que estava acontecendo, entendi que deveria buscar abrigo imediatamente. Mas, eu me encontrava longe de casa; não daria tempo chegar lá. Então, me escondi embaixo de uma camionete que estava estacionada próxima de onde eu estava, enquanto aquele terrível fenômeno se aproximava cada vez mais.

A chuva de pedras chegou

pedras-granizo-tamanho-ovo

A foto acima é da chuva que ocorreu, recentemente, na China. Dezenas de pessoas morreram, e houve muito prejuízo material. Pela foto você pode ter uma noção do estrago.

De debaixo daquele veículo, eu via as pedras se estatelando no meio da rua, enquanto havia pânico generalizado entre as pessoas, que não sabiam o que fazer. Quando as pedras se chocavam com o solo, as maiores praticamente “explodiam”, jogando estilhaços de gelo para todos os lados.

Mas, uma pedra enorme me chamou a atenção, pois explodiu perto de onde eu estava abrigado. Ela era muito grande, de aproximadamente 50cm de diâmetro e, ao explodir, de dentro dela saiu uma pedra menor e bem escura, que estava em seu centro. Só que aquela pedra saiu “quicando” pelo asfalto pegando fogo! Aquilo me causou medo e estupefação. Eu nunca havia visto aquilo.

Uma coisa que eu sabia, no sonho, é que muitas pessoas haviam ficado feridas com aquela estranha e repentina chuva. E algumas haviam morrido, na região onde eu estava.

As surpresas não pararam

Ao acordar no domingo cedo, minha esposa também acordou e a primeira coisa que falei para ela foi:

“amor, eu tive um sonho: sonhei que o céu caía. Sonhei que as nuvens desabavam, só que não era chuva, era gelo. Pedras enormes, e que algumas explodiam com fogo. Foi muito real o sonho”.

Então, para minha surpresa, ela não ficou admirada com meu relato. Apenas, ficou um pouco calada e disse:

“amor, eu tive o mesmo sonho! Também sonhei que estava em uma cidade, e que as nuvens caíam! E havia fogo nas nuvens. Era um desespero total e muita gente morria”

Então, fui eu quem ficou calado por um tempo, tentando assimilar o que seria aquilo, e o porquê de termos sonhado o mesmo sonho, inclusive nos detalhes, ao mesmo tempo.

Se eu estivesse inspirado para fazer alguma piada, poderia dizer que tivemos o mesmo sonho porque estávamos dormindo na mesma cama. Mas, em mais de oito anos de casados, isso nunca havia acontecido antes. Nós ficamos chocados durante toda aquela manhã.

Implicações

Para ser honesto, eu nunca vi um fenômeno dessa natureza acontecer. Nem sei se é possível acontecer. Mas, que foi real no sonho, foi. Muito real. Não era daqueles sonhos sem pé nem cabeça que costumamos sonhar quando dormimos de barriga cheia… não, não era. Era quase real. Eis aqui uma interessante matéria sobre o assunto:

[…] O pior caso conhecido ocorreu em Bangladesh, em 1986, quando pedregulhos de gelo de até 1 quilo mataram 92 pessoas. Felizmente, a maioria das pedras de granizo não supera o tamanho de uma ervilha – e muitas nem chegam ao solo. Se o tempo estiver quente, a pedrinha derrete na atmosfera e cai já como chuva. […]

Fonte: Como ocorrem as chuvas de granizo? (leia o restante da matéria no site Mundo Estranho)

Mas, o que isso significa? Sinceramente, não sei. Eu não posso afirmar, mas minha impressão disso tudo é que a volta de Jesus está próxima, que não vai demorar. E por que digo isso?

Primeiro, porque não foi um simples sonho: foi muito real. Em segundo lugar, pelo fato de eu e minha esposa termos tido o mesmo sonho. Tal como disse José ao faraó: “esse sonho foi dado por Deus, e Ele se apressa a realizá-lo, por isso vossa majestade teve o sonho duplicado!” cfe. Gn 41.32

Quando contei o sonho para um irmão, ele me disse que sonhou com o arrebatamento, mesmo antes de se converter e de ler a Bíblia, muitos anos atrás. Segundo ele, enquanto ele estava subindo, atraído por uma nuvem, ele e os demais que subiam estava, cantando aquele famoso hino “Vencendo vem Jesus“.

Agora aqui vai um vídeo de uma chuva de granizo de meter medo, onde as pedras de gelo eram quase do tamanho de bolas de golfe (ou tênis). No meu sonho, essas eram as menores pedras que caíam…

Será que se Jesus voltasse, quem sabe, hoje ou amanhã, você (e eu) estaria preparado?

Estou me esforçando para que minha resposta seja sim. Não estou dizendo que é fácil, mas que é meu desejo e obrigação. E, claro, plenamente possível.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!