4 Lições Práticas, Úteis e Valiosas Que A Crise Vai Lhe Ensinar!

Ultimamente o país tem vivido uma montanha-russa, ou avalanche para alguns, de notícias ruins e desagradáveis. Após um período de bonança, chega a ser desanimador perceber que boa parte daquilo que julgávamos verdade era pura ilusão, quando não mentira.

A crise está batendo à porta e não adianta tentar ignorar isso. Logo, o que podemos fazer para enfrentar essa crise e conseguir sair dela vivo?

vencendo-dificuldades

4 Lições Práticas, Úteis e Valiosas Que A Crise Vai Lhe Ensinar!

Quando a crise chega, ela pega muitos de surpresa e, sinceramente, espero que não seja o seu caso, caro leitor. Todavia, se isso aconteceu com você, vamos tentar mudar essa situação da melhor maneira e lidar com ela como pessoas adultas e maduras.

Aqui estão algumas preciosas lições para que a crise não seja um fim para você, mas quem sabe um novo começo. E, para isso, é preciso colocar em prática o que sugiro abaixo.

1. Não Desperdice Dinheiro & Aprenda a Aproveitar Oportunidades

A crise é aquele momento constrangedor em que baixamos a cabeça envergonhados e ouvimos alguém – ou a própria consciência – dizer: “eu avisei”. Mas, não precisamos ficar remoendo nossas culpas pra sempre. Não vai ajudar, muito pelo contrário!

Então, o que fazer? Primeiro, não caia na tentação de desperdiçar dinheiro, gastando o que você não tem, comprando o que não precisa, para tentar impressionar quem não te dá a mínima! É sério! Segundo, aprenda a aproveitar as oportunidades que se abrem em toda crise. Enquanto uns estão chorando a morte da bezerra, outros estão vendendo lenços ou descobrindo outra forma de superar essas adversidades.

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Não fique parado, olhando pro tempo! Tente refletir sobre as oportunidades que estão surgindo e como você pode aproveitar alguma delas em seu favor.

2. Aprenda a Assumir a Responsabilidade Por Suas Decisões

Eu conheço muita gente que sempre fica botando a culpa nos outros pelos percalços que eles passam, que sofrem de uma doença ainda não catalogada pela ciência, mas muito presente e atuante em nossos dias. O nome dessa doença é desculpite aguda.

Mas, o que é essa tal de desculpite? É aquela velha mania de sempre apontar bodes expiatórios para nossas culpas, fugindo da responsabilidade de nossos próprios erros e decisões desastrosas. Quando você sofre de desculpite, você entra num círculo vicioso: não admite seus erros, não assume a responsabilidade por tê-los cometido e, pior, fica propenso a repeti-los, já que não admite que errou!

Leia: Como tomar a decisão certa?

Uma das melhores coisas que você pode fazer hoje é, sem sombra de dúvida, começar a assumir a responsabilidade pelos erros cometidos! Sabe por quê? Porque é o primeiro e grande passo para corrigi-los e parar de repeti-los!

3. Seja Criativo na Hora de Resolver Problemas Complicados

Algumas semanas atrás eu participei de um evento de marketing digital, uma área que admiro e que vejo como o futuro, não só do Brasil como do mundo. É uma pena que, nessa área, eu ainda seja um analfabyte! Mas, estou melhorando: não existe burrice grande demais que resista à dose certa de esforço e persistência!

Pois bem, nesse evento eu ouvi uma frase que gostei bastante e que tomei para mim, que é mais ou menos assim: “ser criativo é fazer as coisas que os outros fazem, mas de uma forma diferente e inovadora”. Eu gostei demais daquilo e tenho tentado colocar em prática na minha vida desde então! Tem sido fácil? Óbvio que não! Mas, nem por isso vou desistir, certo?

Se as outras pessoas fazem algo e não dá certo, que tal tentar um pouquinho diferente e ver o resultado? Pode ser que você esteja apenas a um passo de conseguir o que tantos outros tentaram e falharam, apenas usando um pouco de criatividade.

4. Desenvolva Uma Mentalidade Voltada ao Planejamento e à Produtividade

Eu já passei por algumas crises. Crises pessoais, tais como fim de namoro e noivado, que eu pensei que era o fim do mundo mas, pra minha surpresa, o mundo não acabou depois disso. Já passei por crise de desemprego e endividamento e, também para minha surpresa, eram piores do que as crises de fim de namoro – é, um dia a gente cresce e vira gente! E existem várias outras crises, em sua maioria quase sempre envolvendo perdas, decepções, traições ou coisas parecidas, não é verdade?

Mas, dentre essas crises todas faladas aqui, as que mais nos prejudicam são as crises financeiras que se abatem sobre todo um país e uma sociedade. Sabe por quê? Porque essa pode ser chamada de A Mãe de Todas as Crises! Sim, porque dela advêm praticamente todas as outras em seu rastro!

Leia também: Mude de mentalidade e transforme sua vida!

E ainda não inventaram uma vacina melhor para se proteger desse tipo de crise do que desenvolver uma mentalidade voltada ao planejamento e à produtividade. Falando assim, parece até fácil, certo? Mas, não é. Porém, mesmo sendo uma tarefa difícil e complexa, ela não deixa de ser menos necessária por isso. Aliás, justamente por causa disso, ela se torna imprescindível.

Portanto, saber se planejar e ser mais produtivo pode ser a chave para sair mais rápido da crise e se tornar menos vulnerável às próximas que, quer queiramos ou não, sempre existirão.

BÔNUS: Exercite Sua Fé, Paciência e Resiliência Pessoal

A crise é um momento de depuração em vários sentidos porque é nela que nossas convicções e ações são testadas. É nela também que nós vemos se as atitudes que tomamos ANTES da crise foram acertadas ou não. E que momento é mais difícil na vida de alguém do que ter que enfrentar as consequências de suas decisões?

Pois bem, quando a crise chega é que nossa fé é testada até o ponto em que ela permanece inteira e sai fortalecida ou racha e se quebra em pedaços. É na crise que nós descobrimos de que são feitas nossas convicções e nossa confiança.

Já leu? Amanhã Deus vai mudar sua vida!

E, tal como um músculo, nossa fé sem ser exercitada acaba atrofiando e vai ficando cada vez mais frágil até se tornar praticamente inútil. Aproveite esses momentos turbulentos para exercitar sua fé e confiança em Deus, para exercitar sua paciência diante dos problemas e, claro sua capacidade de resistir e suportar a pressão: isso é resiliência!

Agora você já sabe o que tem que fazer. Que tal arregaçar as mangas e botar a mão na massa?

Gostou do artigo, ou mesmo que não tenha gostado também: Comente, avalie e compartilhe com os amigos! E pode contar conosco para sempre trazer conteúdo relevante para você!

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Wallace

Just another little servant of the Lord Jesus Christ. Apenas mais um pequeno servo do Senhor Jesus Cristo. Editor do blog Desafiando Limites (http://wallysou.com). Crítico do cristianismo evangélico da prosperidade e pensador cristão amador.

Website: http://wallysou.com/

Faça seu comentário e enriqueça o post!

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!