Série O Inglês À Luz da Bíblia Estratégias de Contenção – A Perseverança Gera Conquistas

frase-christopher-reeve

A Bíblia diz:

“…mas aquele que perseverar até o fim…” (Marcos 13:13).

Existe uma palavra técnica chamada “input” que basicamente significa toda informação que você recebe no idioma que está sendo estudado e todo esse conteúdo que você recebe vai ser analisado pela sua mente através de um filtro (hipocampo) que determinará o que é ou não importante ser guardado.

Quando você estuda da forma correta será gerada uma série de conexões no cérebro que são chamadas de sinapses, as mesmas vão acontecer entre neurônios formando assim verdadeiras “teias”.

O que são neurônios?

Imagine bilhões de pequenas “bolinhas” espalhadas por todo seu cérebro, essas “bolinhas” são os neurônios.

Toda vez que você começar a aprender qualquer coisa a sua mente vai depender de uma série de fatores para descartar ou guardar por muito ou longo tempo. Existe algo bem simples que você pode começar a fazer para que seu cérebro estabeleça várias conexões neurais, dificultando assim o processo de esquecimento.

O que seria? Uma estratégia de contenção, isto é, a capacidade de manter algo.

Dica: quanto mais vezes você tiver contato com algo de formas diferentes maior será a criação de sinapses. No que diz respeito ao estudo de idiomas, é preciso que você entenda que para aprender uma palavra nova acontecerá um processo extremamente complexo em sua mente e toda vez que houver um contato com uma mesma palavra através de formas diferentes as “teias” criadas serão maiores fazendo com que algo seja mais difícil de ser esquecido.

Estude a mesma coisa várias vezes de formas diferentes.

Nos próximos textos analisaremos de forma mais profunda esses processos.

Fique ligado!

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Faça seu comentário e enriqueça o post!

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!