Série O inglês à luz da Bíblia – Uma verdade dolorosa

ruined home

pode alguém viver aqui?

“Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? (Lucas14:28)

Aprender idiomas só é difícil para dois tipos de pessoas, são elas: Aquelas que são forçadas ou as que não tem necessidade de aprender.

Lembro-me de uma frase que ilustra bem o nosso tema de hoje.

“Para quem não sabe para onde vai qualquer caminho serve” (Lewis Caroll)

Se você realmente quer falar inglês, antes de mais nada é preciso que responda a algumas perguntas.

1º Por que quero aprender inglês?

2º Como que o inglês me ajudará a chegar onde quero?

3º Em quanto tempo preciso falar fluentemente?

4º O que estou disposto a sacrificar?

Todas as vezes que começo um semestre essas perguntas são feitas para meus alunos e o mais incrível é que os que conseguem reponde-las sempre possuem um rendimento maior do que os que não o fazem.

Uma das verdade mais dolorosas que recentemente me deparei foi a de que nem todo mundo precisa falar inglês. Aprender um novo idioma é um processo longo e que requer muito. Não existem atalhos e não é um mar de rosas.

É preciso sacrificar muitas coisas, principalmente tempo e dinheiro.

Não vale a pena se desgastar por algo que você não vai usar no futuro mas se você realmente precisar também é importante que saiba que desistir no caminho é pior do que não ter começado pois todos os que por algum motivo param mostram que nunca de fato quiseram começar e como consequência perdem algo irrecuperável que é o tempo.

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!

Faça seu comentário e enriqueça o post!

Olá, agradecemos sua visita e seu comentário. Sua opinião enriquece a discussão e é importante para nós, obrigado!