Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me, pois, um homem que toque bem, e trazei-mo1 Samuel 16:17

So Saul said to his attendants, “Find someone who plays well and bring him to me.” 1 Samuel 16:17

searching-lost-people

Estão procurando alguém especial: será que essa pessoa é você?

Vivemos em um mundo cheio de problemas. E um mundo cheio de pessoas problemáticas também, mais isso é mero detalhe, apesar de muitos dos nossos problemas serem causados por pessoas… causadoras de problemas.

Mas, enfim, vamos seguir em frente.

Hoje quero falar para você sobre as qualidades e características de alguém que é procurado hoje em dia, alguém que as pessoas estão buscando e procurando como quem busca uma agulha no palheiro.

Mas, antes de prosseguir, quero lhe falar algo interessante sobre este breve artigo: ele foi pregado inicialmente no Círculo de Oração de Jovens e Adolescentes da Assembleia de Deus de Currais Novos, RN, Templo Central, segunda-feira dia 24 de abril.

Nesse evento estiveram presentes aproximadamente 50 pessoas, sendo que 90% delas eram jovens e adolescentes da igreja, em plena segunda-feira à noite! Fiquei surpreso e muito bem impressionado. Deus abençoe a liderança da igreja.

Outro dado interessante: essa mensagem eu esbocei a bordo do avião de Brasília a Natal. Na verdade, eu estava pensando em pregar sobre o verso 18, que trata sobre Davi e suas qualidades de campeão, cujo artigo você pode ler aqui:

7 Qualidades de um Homem Marcado Para Ser Um Vencedor!

Leia também, sobre Davi e porque ele veio a se tornar o maior rei de Israel:

As 5 características marcantes de um campeão extraordinário

Mas comecei a meditar no verso 17 e não saí mais dele.

Então, óbvio, eu entendi que Deus queria que eu falasse não sobre quem detinha as qualidades desejáveis para ser o escolhido, mas que tratasse dos requisitos desejados da pessoa que se estava à procura.

Por isso, esses dois artigos são complementares e se você quiser saber mais se atende os requisitos de ser a pessoa especial que muitos estão procurando, continue a leitura. E se quiser saber quais as qualidades que Davi tinha que o levaram a ser o escolhido, leia também o outro artigo linkado acima.

Agora, sem mais delongas, vamos ao que interessa.

1ª Consideração: estão procurando alguém para resolver um problema sério

O contexto remete a uma situação deveras complicada: a maior autoridade do país estava passando por um momento turbulento e não havia solução à vista. Todo o poder que o rei tinha ao seu dispor naquele momento era inútil para remediar o problema.

Havia a necessidade premente de encontrar alguém que trouxesse uma solução para esse complicado problema. Mas quem seria essa pessoa? Quando você não sabe quem é a pessoa certa você precisa entender bem o problema para estabelecer os requisitos e características da pessoa que você procura.

Nesse caso específico é bem fácil identificar o principal requisito: alguém que resolva problemas.

Agora que você sabe qual é o primeiro requisito para ser a pessoa que eles estão procurando, deixe-me esclarecer o seguinte: existem três tipos de pessoas em se tratando de problemas existentes. O primeiro é aquele tipo de pessoa que cria problemas. O segundo tipo é aquele que não se envolve, que fica apenas olhando. E, finalmente, o terceiro é o tipo que estão querendo achar: o que resolve problemas.

Quem é você desses três tipos? Você é o que cria problemas, o que fica só olhando ou o que arregaça as mangas, coloca a mão na massa e resolve o problema? Se você quiser ser o escolhido, já sabe quem você precisa ser, certo?

2ª Consideração: estão procurando por UM que resolva

O problema era grave, a situação complicada e a necessidade urgente. Eles precisavam encontrar alguém. Mas aquela pessoa que estava sendo necessária não poderia ser qualquer uma.

Ela tinha que ser A pessoa certa, tinha que ser aquela que realmente resolvesse, que desse conta do recado e que controlasse a situação.

Naquela época havia uma multidão de pessoas que poderiam ser chamadas para ajudar a resolver o problema, mas somente umas poucas poderiam, de fato, ajudar. Quando você tem um problema não quer dizer que precise de muita gente, mas sim da pessoa certa.

Neste topico eu quero fazer menção ao fato de quando há algum problema sério na área militar, quem eles chamam pra resolver o problema? A tropa de elite ou, em outras palavras, as forças especiais! Percebe como ser alguém especial não é algo acidental, casual ou coincidência?

E isso me leva à seguinte pergunta: você é a pessoa certa pra essa situação ou é só mais um no meio da multidão? Se você quiser ser visto como especial e como A pessoa certa, você precisa se destacar em meio à multidão.

Podemos continuar ou a coisa está ficando difícil pra você? Não vá embora ainda, ainda tem mais e você precisa ouvir o que tenho a dizer.

3ª Consideração: estão procurando por um “homem”

Um breve esclarecimento: quando falo de “homem” não me refiro a “macho”, ao gênero masculino, mas sim àquilo que costumamos chamar de alguém maduro, que já não é mais um “menino”.

Ou seja, a pessoa que eles procuram é alguém que já passou da fase de menino, que não brinca mais de carrinho e nem chora por qualquer coisa. Não é mais um menino buchudo que, por qualquer coisa, vai correndo pra barra da saia da mamãe.

Não, senhores. Um homem é uma pessoa madura, com experiência e maturidade para enfrentar o desafio com o brio e a atitude correta, decidido e firme.

E quem é você? Ainda corre pro colo da mãe quando as coisas dão errado? Ainda vai chorar do colo da mamãezinha quando vê o tamanho do problema que precisa ser encarado? Quem é você: um homem de verdade ou um menino de recado?

A pessoa que eles estão procurando é um homem capaz de enfrentar a situação com firmeza e não um menino que, na primeira dificuldade mais escabrosa, faz cara de choro e beicinho e vai se esconder debaixo da saia da mãe!

Você precisa ser homem, tal como Davi, em seu leito de morte, disse a seu filho Salomão: “sê homem!” porque os desafios que temos à frente são problemas que só homens, e não meninos, podem resolver. Ninguém em sã consciência coloca meninos pra resolver situações em que homens são necessários, concorda?

4ª Consideração: estão à procura de alguém qualificado

Perceba, já falamos de características importantes da pessoa a ser escolhida: alguém que resolve problemas, alguém que se destaca e alguém maduro o suficiente para a tarefa. Mas, ainda há mais.

A pessoa certa para essa situação não é aquela que tem só a vontade de resolver, mas ela também precisa ter as qualidades e a qualificação que a tarefa exige. É preciso ser capaz, não apenas ter vontade de resolver e não saber como.

Hoje no Brasil temos muitos problemas, alguns deles que parecem quase impossíveis de serem resolvidos. Mas, para a pessoa com as competências e as características certas, o problema não é insolúvel nem impossível de ser tratado.

Percebeu a importância de a pessoa certa possuir a qualificação adequada? Na verdade, essa frase precisa ser reformulada para representar a verdade de forma adequada: quem possui a qualificação exigida é a pessoa certa para a tarefa.

  • Um breve adendo: tocar um instrumento musical, assim como aprender um novo idioma, são atividades que tornam você mais inteligente e apto para desempenhar tarefas com mais facilidade e destreza. Confira o que já foi escrito aqui no blog sobre isso. Nos links a seguir você terá muita informação útil:

Quer ficar mais inteligente? É simples!

Maneiras comprovadas de ficar mais inteligente

Faça a si mesmo essa pergunta: eu sou qualificado para assumir uma tarefa complexa e difícil? Se não sou, o que devo fazer para me qualificar e me tornar apto para ser escolhido? Em quanto tempo eu posso me qualificar? Mãos à obra, só depende de você!

5ª Consideração: estão em busca de alguém que esteja disponível

O mercado de trabalho é um lugar tão dinâmico quanto exigente, sabia? É muito difícil atender a todos os requisitos que o mercado exige para ser aceito e valorizado.

Todavia, quando você consegue atender esses requisitos, você se torna disputado. Você deixa de correr atrás das pessoas em busca de oportunidades. Agora são as pessoas que começam a vir atrás de você com propostas e mimos.

E justamente por causa disso, as pessoas mais qualificadas não estão disponíveis para toda e qualquer tarefa que aparece, porque elas já estão engajadas em algum grande projeto ou atividade importante. Mas, claro, nada que uma boa proposta não possa fazer a pessoa considerar mudar de emprego, cidade ou até mesmo de país, não é mesmo?

Portanto, após você investir em sua qualificação, você precisa se colocar disponível para os desafios que surgirem. E nesse quesito encontramos um dos grandes entraves atuais: muitas pessoas não querem estar disponíveis para fazer coisas que elas julgam não dar qualquer retorno para elas.

Pergunta: quando surge algo difícil e complexo a ser feito, as pessoas podem contar com você ou você vive arrumando desculpas pra se esquivar das responsabilidades que atribuem pra você fazer? Se você quer ser o escolhido para realizar algo importante, esteja disponível quando chamarem.

Se você quer ser o escolhido para realizar algo importante, esteja disponível quando chamarem.

6ª Consideração: estão procurando alguém que seja disposto

Calma, não terminamos ainda! Não basta ter todas as qualidades e características dantes descritas se você não tiver algo mais: disposição para enfrentar os desafios e problemas que precisam ser encarados.

Sim, você pode ser um solucionador de problemas, pode ter as qualificações necessárias e pode até estar disponível, mas se não estiver disposto a encarar o desafio, de nada adiantará.

Mas, por que uma pessoa capaz e disponível não assume a responsabilidade da situação e encara o desafio? Medo, talvez? Insegurança, quem sabe? Talvez comodismo?

O fato é que muitos, ao saberem da extensão do desafio, do tamanho e da complexidade da encrenca simplesmente refugam e “dão pra trás”, fogem da raia.

Como alguém que quer ser escolhido pode não estar disposto a enfrentar desafios? e você não sabe, nem eu.

É preciso que alguém que queira fazer diferença e causar impacto esteja disponível e, também, disposto. Você está disposto a “resolver a bronca” ou está fugindo da responsabilidade?

7ª Consideração: estão à procura de alguém que tenha reputação ilibada

Lembra que eu escrevi lá em cima que pra ser escolhido não poderia ser qualquer um? Pois bem, vou voltar a bater naquela tecla, só que sob outro aspecto: o da credibilidade e da reputação.

Você se lembra com quem a pessoa escolhida iria trabalhar? Para o rei. Você já parou pra pensar na burocracia, segurança e no controle de acesso pra chegar perto do rei? Não poderia ser qualquer um, só se fosse de confiança, alguém altamente confiável.

Você pode afirmar que é de confiança, que as pessoas podem confiar em você? Qual é a sua reputação, você tem o nome “limpo” na praça? Porque, caso não tenha se dado conta, para estar e trabalhar ao lado da mais alta autoridade da nação (considerando uma nação civilizada e não tomada pela corrupção, claro) é necessário ser detentor de uma reputação ilibada, concorda?

Como está a sua reputação? Como está seu nome na praça? Como as pessoas veem você? Elas apoiariam ou referendariam seu nome para ser uma espécie de secretário pessoal do presidente ou apontariam seus pecados, fraudes e enganos?

É, meu irmão, você pensou que seria fácil chegar a uma posição tão elevada sem ter os requisitos essenciais para isso? Em quais dos requisitos você passou no teste e em quais você falhou na prova? Ainda dá tempo para correr atrás do prejuízo e tomar posição para ser o escolhido!

8ª Consideração: estão à procura de alguém que saiba se comportar na presença das autoridades

Certa vez li em um artigo algo muito interessante, que trazia a seguinte ideia: as pessoas são escolhidas por seus bons currículos mas demitidas por seus maus comportamentos!

Terrível isso, não é verdade? Mas o que isso quer dizer? É simples: as pessoas “chegam lá” por causa das realizações e feitos, mas só permanecem lá se souberem gerir relacionamentos e tratarem bens seus iguais e subordinados. Não adianta tratar bem apenas seus superiores, sabia?

Muitos chegam ao topo graças a um currículo invejável, mas não se mantêm no topo porque não sabem se comportar de forma adequada. Entenda: de nada adianta um currículo impecável se ele não for adornado por um caráter irretocável.

Já ouvi a seguinte frase e nunca mais me esqueci dela, embora não me lembre quem foi o autor: “cuide de seu caráter que Deus cuidará de sua reputação”. É a mais pura verdade: muitas pessoas estão preocupadas com suas reputações mas negligentes com seus carácteres (será que é isso mesmo? bom, é o plural de caráter, ok?).

Como é o seu caráter? Aprovado, como diz a Bíblia? Se for, então você não tem com que se preocupar quando estiver na presença dos grandes.

E o que isso tudo tem a ver com você?

Nosso país está passando por uma situação muito difícil, e olhe que já passamos por situações difíceis antes, não é verdade? E o Brasil é um país de muitas riquezas naturais, mas uma que está em falta é a riqueza de recursos humanos qualificados.

Hoje, mais do que nunca, precisamos de pessoas capazes, qualificadas, honestas e de confiança para estarem ao lado dos grandes homens e autoridades deste país.

Minha oração é que Deus levante homens e mulheres que estejam enquadrados nos requisitos elencados neste singelo artigo. Na verdade, este artigo pode funcionar como um verdadeiro checklist para listar as qualidades que um candidato deve possuir para assumir um cargo importante em uma grande corporação, instituição política ou conglomerado empresarial.

Talvez você ao ler essa lista fique meio desanimado. Mas, não fique. Sabe por quê? É porque a lista foi feita para ajudar você, e não para atrapalhar sua vida ou destruir seus sonhos. Quer entender como?

É simples: nessa lista você descobre com facilidade quem você é, o que você faz e quais qualidades tem. Por conseguinte, descobre também quem você AINDA não é, o que você AINDA não faz e quais as qualidades você AINDA não possui.

E, ao descobrir isso, você ganha tempo para se adequar às exigências do mercado, seja ele qual for: empresarial, político, ministerial, educacional, etc.

Agora que você já sabe disso tudo, se é que leu o artigo todo e não pulou do título pra cá (acertei?), você tem a receita completa para se tornar uma pessoa especial, capaz, valorizada e cobiçada pelas pessoas que têm um problema para resolver.

Em outra palavras, estão procurando alguém especial e essa pessoa pode muito bem ser VOCÊ!

Gostou do artigo? Avalie! Se não gostou, avalie também ué. Compartilhe com seus amigos e colegas. Quer deixar sua crítica, elogio ou sugestão para nós? Por favor, use o espaço dos comentários, estarei aguardando ansioso.

Deus te abençoe!

 

Que tal receber um aviso quando sair algo novo e interessante no blog?

Cadastre seu email e receba artigos que vão abençoar seu dia!